Walter

Walter

• Born: 04.02.57, Brecht, Belgium
• Studies: Fashion at the Royal Academy of Fine Arts in Antwerp
• First breakthrough: British Designer Show / London in 1987 as part of ‘The Antwerp Six’
  (with Dirk Van Saene, Dries Van Noten, Dirk Bikkembergs, Ann Demeulemeester and  Marina Yee).
• Since 1983 collections under the label Walter Van Beirendonck

Anúncios

Saint without the Yves

Imagem

No mundo da moda (e no da música) as coisas mudam com tanta celeridade que temos de estar aptos a aceitar as mudanças e novidades que nos chegam diariamente.
Podemos relacionar esta realidade com o caso da tão famosa marca Yves Saint Laurent, que após muita polémica decidiu suprimir o Yves e mudar o nome para Saint Laurent. Seguido da mudança de nome surgiu a sua nova campanha publicitária, conhecida como “Music Project”.
Na campanha surgem nomes conhecidos como os de Courtney Love, Marylin Manson, Daft Punk, Kim Gordon, Ariel Pink, etc. As fotografias a preto e branco mostram o lado mais fashion e couture destas celebridades, tendo primordial atenção à postura. Transmitem uma imagem familiar e carismática, pelas quais sempre foram conhecidas, mantendo a sua identidade. Esta campanha publicitária teve a cargo de Hedi Slimane, o diretor criativo da marca.
Enquanto muitos refutam que Yves Saint Laurent nunca será substituído, e que todo o património pelo mesmo deixado nunca poderá ser comutado, a nova campanha acabou por juntar um novo público-alvo, mais jovem, ligado à parte musical e a descontração e simplicidade da moda. Será esta uma nova revolução onde a individualidade de estilo é prezada? Esperemos que sim.

ImagemImagemImagemImagem

Art plus fashion.

Quando a Moda se integra enquanto Arte, e quando a é. Onze fotografias que representam famosos quadros.

 

When Fashion meets and represents Art! Eleven photos that show that fashion is more than just clothes; it’s magic. 

Imagem

Nicki Minaj as Francois Boucher’s Bildnis der Marquise de Pompadour (1756)
W magazine, November 2011
Photo by Francesco Vezzoli

Imagem 

Angela Lindvall as Andrew Wyeth’s Christina’s World (1948)
Vogue, October 1998
Photo by Carter SmithImagem

Julianne Moore as John Currin’s The Cripple (1997)
Harper’s Bazaar, May 2008
Photo by Peter LindberghImagem

Devon Aoki as Hans Memling’s Virgin and Child (1475)
The Face, 1997
Photo by Michael Sanders

Imagem

Model as Edward Hopper’s The Automat (1927)
The New York Times, 2006
Photo by Joel-Peter WitkinImagem

Models as Gustav Klimt’s The Kiss (1907-1908)
Harper’s Bazaar, February 2002
Photo by Patrick DemarchelierImagem

Model as a Roy Lichtenstein painting
Zink magazine
Photo by Mike RuizImagem

John Galliano as Jacques-Louis David’s Napoleon Crossing the Alps (1801-1805)
Harper’s Bazaar, March 2007
Photo by Simon ProcterImagem

Saoirse Ronan as Sir John Everett Millais’ Ophelia (1851-1852)
Vogue, December 2011
Photo by Steven MeiselImagem

Nicole Kidman as John Singer Sargent’s Mrs. Charles E. Inches(1887)
Vogue, June 1999
Photo by Steven MeiselImagem

Laetitia Casta as Johannes Vermeer’s Girl with a Pearl Earring(1665)
Elle France, 1998
Photo by Friedmann Hauss

Saint what?

Saint what?

Sinto-me um pouco perdida em relação a este assunto. Uma marca mundialmente famosa, a meu ver, faz um dos maiores erros possíveis ao retirar Yves. Falamos de anos e anos em que YSL era das marcas mais conhecidas e faladas no mundo da moda. Ou deverei dizer SL? Sei que o impacto desta mudança subita nao foi dos melhores. E agora Marylin Manson? Minha alma está parva. De resto é esperar para ver. E esperar que o façam bem.

I also feel lost in this matter. A world famous brand, in my view makes the biggest mistakes possible when removing Yves. We talk about years and years that YSL was the best known brands and spoken in the fashion world. Or should I say SL? I know the impact of this sudden change was not well received among the public. And now Marylin Manson? i’m speechless. All we can do is wait and see. And hope for the best.

Prostitution?

A nova campanha da Louis Vuitton já deu que falar. O seu novo vídeo deambula entre o lado negro das ruas e a alta costura. Sinceramente, ainda nao consegui perceber em que ponto da situação me encontro; se gosto ou senão. Há algo que me fascina, como também há algo que me repele nesta campanha. De momento sou a Suiça em relação a este assunto.

The new campaign for Louis Vuitton already gave that talk. The new video wanders between the dark side of the street and haute-couture. Honestly, I can’t describe my feelings towards this ad campaign. There is something that fascinates me, as there is also something that repels me in it. All i can say is that i feel like Switzerland regarding this matter.